Posts Patrocinados: Eles Estão Gerando Lucro Ou Prejuízo?

Posts Patrocinados: Eles Estão Gerando Lucro Ou Prejuízo?

Você já se perguntou se os seus posts patrocinados estão gerando o retorno esperado? A resposta é: calcule o seu ROI! 

No artigo de hoje, falaremos mais sobre o que é ROI, como calcular e a importância de se ter esse tipo de informação para qualquer negócio. 

Trabalhar com base em achismo é o primeiro passo para quebrar no mercado. O marketing digital trouxe a possibilidade de analisar métricas de forma muito mais minuciosa através de ferramentas. 

Dentre elas, ferramentas e estratégias para definir o ROI de uma empresa, sendo esse um dos indicadores mais importantes para qualquer empresa. 

Essa sigla, que significa em português retorno sobre o investimento, permite que uma empresa determine se está tendo lucro ou prejuízo com as suas ações de marketing. 

Assim, você pode ter um controle sobre no que vale a pena continuar investindo ou o que deve ser cortado de vez. 

Essa métrica não serve para avaliar somente ações de marketing. Ela é importante para avaliar todos os segmentos de uma empresa em que haja qualquer tipo de investimento financeiro. 

Em um blog, por exemplo, o ROI pode ser utilizado para calcular o retorno que os posts estão dando, o investimento feito em canais de comunicação como redes sociais, ou até mesmo um post patrocinado para divulgar um produto de afiliado. 

Como Calcular O ROI De Posts Patrocinados? 

posts patrocinados

Para você calcular o ROI dos seus posts patrocinados, basta seguir uma fórmula bem simples. 

ROI = RECEITA – CUSTO / CUSTO 

Então, imagine que você tenha investido um total de R$3.000 no seu blog, e que as suas vendas com os posts patrocinados tenham gerado uma receita bruta de R$20.000. 

Através da fórmula acima, podemos chegar a um resultado simples: 

ROI = (20.000 – 3.000) / 3.000 

ROI = 5,6 

Neste exemplo, podemos ver que o nosso ROI foi de 5,6 x o valor investido inicialmente. Você ainda pode multiplicar esse número por 100, e chegar ao valor em porcentagem. Ou seja, nesse caso o seu ROI seria de 560%. Um número muito bom, não é? 

Ter em mente o valor do seu ROI não é importante apenas para a gestão do seu negócio, mas também para possíveis investidores. 

Afinal, eles também vão querer saber se o seu ROI está positivo ou não, e em quanto ele está, para saber se vale a pena investir dinheiro na sua empresa ou não. 

Ter o controle sobre o ROI é importante para que uma empresa saiba planejar as metas de acordo com os resultados já obtidos. 

Tendo em mente aquilo que traz mais lucros e mais prejuízos, fica bem mais fácil planejar no que investir pelos próximos meses, concorda? 

Mas é importante que a empresa entenda o que esse ROI significa para ela, e como os resultados podem influenciar nos objetivos. 

É importante, acima de tudo, criar metas realistas com base nos números do seu ROI. E, claro, monitorar os resultados constantemente! 

Como Multiplicar O ROI Dos Meus Posts Pagos?

posts patrocinados

Você sabe como estão as taxas de conversão do seu negócio? Ruins ou boas, saiba que há sempre uma forma de otimizar esse resultado. 

Se você quer aumentar o seu ROI, entenda que é importante otimizar suas páginas. Para isso, temos uma sigla chamada CRO, que significa Otimização de Taxa de Conversão. 

Ela é intimamente ligada ao ROI. Afinal, quanto mais otimizados forem seus e-mails, páginas, posts patrocinados e investimentos em redes sociais, maior será o seu retorno de investimento. 

Melhorar o CRO do seu site também gera benefícios diretos, tais como: 

  • Aumento do seu lucro; 
  • Mais dinheiro sobrando para investir em tráfego pago, além dos posts patrocinados; 

Além disso, se você passa a vender mais, também passa a ter mais dinheiro sobrando para investir mais no CPC do Google. 

Mas o que isso significa na prática? Que você terá mais poder na hora de “negociar” com o Google por ter mais dinheiro para pagar pelos anúncios. 

Assim, você ainda torna o trabalho do concorrente mais difícil, que terá que pagar mais pelo CPC. 

Não se esqueça também de que os dados não são as mesmas coisas que informações. 

Como assim? 

Na hora de montar o seu próprio relatório de ROI da sua empresa, não adianta encher o relatório de dados se eles não fizerem o menor sentido para você. 

Por isso, separe apenas os dados mais relevantes para que não abra margem para dúvidas caso esse relatório precise ser apresentado para um superior. 

E aí, gostou de saber como o cálculo do ROI mostra se você está tendo lucro ou não com os posts patrocinados? 

Então, deixe o seu comentário abaixo, e compartilhe essas informações em suas redes sociais! 

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *