Viver De Internet: Os Maiores Vilões Da Produtividade: Parte 2

Viver De Internet: Os Maiores Vilões Da Produtividade: Parte 2

Na primeira parte deste artigo, falamos sobre as redes sociais e os e-mails. Hoje continuaremos a falar sobre os principais inimigos de quem quer viver de renda online. 

Abordaremos hoje dois assuntos importantes: 

  • Uso de celulares; 
  • Falsa sensação de que uma pessoa é totalmente livre somente porque trabalha pela internet. 

Portanto, vamos começar o artigo de hoje! 

3- Celulares: Se Quiser Viver De Renda Online, Controle O Uso 

viver de renda online

Você já teve a sensação de que estava ouvindo o seu celular mesmo quando ele não estava tocando? 

Você não está ficando louco. Estamos completamente viciados nesse tipo de tecnologia. 

Pare e preste atenção ao redor. As pessoas andam nas ruas, nos ônibus e metrôs com as caras enfiadas no celular o tempo inteiro. 

Ninguém mais olha para as outras pessoas, ninguém mais conversa. Toda a atenção está voltada para os celulares. 

Se você não controlar isso, também será afetado durante o seu trabalho. 

Como se livrar desse problema então? 

A primeira coisa é deixar claro para todo mundo que só porque você trabalha em casa não significa que pode ficar falando no celular o tempo todo. 

A dica é: deixe ele no silencioso, não responda mensagens e nem ligações enquanto você estiver no seu horário de trabalho. 

Você precisa aprender a dizer não mais vezes. Se você mesmo não cuidar seus horários de trabalho, ninguém fará isso por você. 

4- A Falsa Sensação De Que Você É Dono Do Seu Tempo Na Internet 

viver de renda online

Viver de renda online permite que você viva de forma mais livre, podendo trabalhar de onde quiser e da forma como quiser? 

Sim. Mas sem disciplina, seu negócio vai ruir. Você precisa aprender quando são os momentos certos para desfrutar dessa liberdade de que todos falam. 

Você pode dormir a qualquer horário do dia, viajar, ou mesmo ir à praia para trabalhar. 

O grande problema é que a maioria das pessoas deixa para encaixar os trabalhas nas brechas, e não o contrário. E isso é o que começa a destruir qualquer produtividade. 

A ideia é justamente a contrária. Para você se sentir livre e manter a produtividade, você deve buscar todas essas atividades nas suas brechas como uma forma de escapar do trabalho – considerando que você já tenha feito tudo o que precisava fazer. 

Não pense você que viver de renda online é muito diferente de qualquer outro trabalho. 

Se você continuar tentando encaixar o seu trabalho nas brechas, pode dar adeus a esse estilo de vida. Ele não vai durar mais muito tempo! 

Conclusão 

Se você leu as duas partes e chegou até o final deste artigo, parabéns. Você já está centenas de passos à frente de mais de 98% das pessoas que decidem trabalhar em casa e viver de renda online. 

Isso não significa que você vá conseguir mudar completamente seu estilo de vida e seus hábitos em 24 horas. 

Porém, agora você já tem um guia de como deve proceder para não deixar que as distrações acabem com você e com o seu trabalho. 

Você tem duas opções agora. Desistir porque você não consegue se focar no trabalho, ou começar a trabalhar a sua disciplina e encarar esse desafio. 

E eu aposto que você escolheu a segunda. Até porque, desistir não é uma opção para nós! 

Lembre-se de que outras pessoas também estão em uma situação bem parecida com a sua. 

Por isso, faça a sua parte e ajude compartilhando essas informações com elas. 

Às vezes, tudo o que precisamos é de um pequeno empurrãozinho. 

Fazendo isso, você pode começar a colaborar com um mundo cada vez mais produtivo e menos viciado em tudo o que acaba com a produtividade de um trabalho em casa. 

E que tal começar a colocar em prática agora mesmo? Faça uma lista de tudo o que tira a sua atenção durante o trabalho e comece a mudar seus hábitos. 

Você verá como isso trará resultados muito mais positivos no longo prazo. Portanto, esperamos você aqui para o nosso próximo artigo. Até lá, bom trabalho! 

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *